Dia de beauté

Porque quase nada é tão legal quanto maquiagem

Arquivo para Cabelo

Franja fake

E já que hoje estamos falando de artifícios para os cabelos (mostrei mais cedo os Bumpits), deixa eu falar sobre a franja postiça da Hair Do, que eu ganhei pra testar.

Já tenho o aplique da Hair Do, falei sobre ele aqui lembram? E sempre que tenho que fazer penteados mais elaborados, como o coque do Baile da Vogue que mostrei aqui, uso.

Achei a franja sensacional! É mega fácil de colocar… naquele esquema tic tac, você prende e pronto. Fiz um coque e fui jantar com minha família usando, fez o maior sucesso.

Hahahah!!! Eu sempre quis ter franja mas né, cabelo ruim e tal, não dava, hoje em dia tenho preguiça de cortar, vai que dá muito trabalho. Mas também, agora quando quiser uso o aplique.

Por não ser de cabelo de verdade (ele é feito com uma fibra que é a que mais se aproxima do cabelo humano), a textura destoa um pouco do meu cabelo natural – na verdade o aplique é mais sedoso e brilhante hahaha – então eu acho que vou deixar pra usar mais de noite. Eu amo a ideia de poder mudar de cara assim tão rápido!!

Ó a franja!

A franja Hair Do custa R$ 165, tem loja virtual (ebaa) e são 5 opções de cor. Ele é vendido em alguns salões também, aqui no site dá pra procurar o que fica mais perto de você.

Bumpits!!

Finalmente! O post dos Bumpits, aquele negócio muito interessante que serve pra deixar o cabelo com voluminho no cucuruto.

Isso é o que vem no kit: 3 tamanhos de Bumpits, um pente fino para desfiar o cabelo e um guia bem útil com instruções e ideias de penteado.

Eu comprei o meu em Nova York na Ricky’s (aqui no site deles tem todos os endereços) mas também vi pra vender em Paris (não me matem mas não lembro onde foi!). Aqui em SP nunca vi, alguém? Paguei algo em torno de 15 dólares e achei bom pensando que não estraga né. E tem 4 opções de cor, pra ficar bem escondido no cabelo.

No site oficial do Bumpits custa 10 dólares mas só entrega nos EUA, Canadá e México. O site é engraçado, tem uns vídeos e várias fotos.

Ideias de penteado…

… e as instruções! Reparem que você não precisa de grampo ou nada do tipo pra segurar o Bumpit na cabeça, ele tem esses mini dentinhos que seguram no lugar, porque grudam no cabelo que está em baixo e também no que vai por cima, quando você cobre o Bumpit.

Agora eu e os Bumpits (essas fotos não são exatamente de qualidade, é só pra ilustrar tá?!)

Coque com volume + faixinha de elástico (que também comprei na Ricky’s mas dá super pra achar coisas assim em armarinhos, vale fita de elástico, de tecido…)

Colocando o Bumpit no meio da cabeça. Eu tentei fazer uma foto do momento de desfiar o cabelo mas ficou muuuuito tosca (é difícil segurar o cabelo, o pente e a câmera – ou melhor o celular – ao mesmo tempo!). Um vídeo tá nos planos mas até lá vou tentar explicar: você levanta uma mecha, como fiz na foto acima, e na parte de trás (a que vai ficar pra baixo na hora que você soltar o cabelo) passa o pente fino de cima pra baixo, com o intuito de criar um ninho de passarinhos no seu cabelo. Nada grave, é só não se empolgar!

Assim o cabelo “infla”, fica mais volumoso e ajuda a esconder o Bumpit que tá embaixo (pense numa mecha de cabelo lisinha por cima, iria aparecer tudo).

Versão meio rabo com voluminho, faltou um spray ali pra segurar aquela mecha que tá “descolando” mas tudo bem é só pra ilustrar.

Como tudo na vida, a primeira vez parece meio atrapalhada e confusa mas depois você pega o jeito e fica fácil! O bom é que como o Bumpit é durinho seu penteado não vai despencar – o que pode acontecer se você fizer só o desfiado + spray.

3 ideias de penteados de celebs pra copiar com Bumpits:

Gwyneth Paltrow com o cabelo preso rente à cabeça, dividido no meio e com volume que dá o toque

Carol Trentini com coque e cucuruto bem altão

Jennifer Aniston com rabo + voluminho

Eu to viciada no Bumpit e recomendo muito! No fim ele facilita a vida e permite que você faça penteados com mais emoção!

Comprinhas de Paris…

Não tem como não dividir as compras aqui né?? A maioria das coisas ainda nem deu pra usar, e com o tempo eu vou falando sobre…

A maior surpresa pra mim foi encontrar o Particulière, o esmalte da Chanel. Porque ele estava aparentemente esgotado em todo canto, em NY eu tentei achar e as vendedoras quase riam da minha cara quando eu perguntava se tinha… E encontrei na Sephora da Champs Elysées, sem dramas. Fiquei feliz! Assim que voltar pro Br faço comparação dele com os outros esmaltes irmão tipo o Pandora da Big Universo e o Jackie da Impala. Definitivamente não é a cor mais difícil pra encontrar similar baratinho. Passei ele aqui já (ansiosaa), até postei no Flickr (fica aqui do lado direito da tela!) mas é foto do celular, nunca fica muito boa e fiel.

Acetona da Sephora pra tirar o esmalte que eu tava usando, tamanho ótimo pra levar em viagem

Base Studio Sculpt MAC, cor NW 15. Decidi que queria ter uma base de acabamento um pouco mais “sofisticado” sabem, que cobre mais e tal, e essa base foi a que conseguiu destronar a minha favorita Face & Body MAC como a mais usada nos desfiles, na última temporada.

Delineador Heavy Metal Glitter Eyeliner da Urban Decay, cor Midnight Cowboy. Comprei porque me apaixonei pelo que a vendedora tava usando aí ela me mostrou. Testei na mão e ele ficou lá o dia todo. Ainda não usei mas to animada, afinal amo um glitter

QUE LOUCA pulei o rímel novo da Dior!! Haha! Seguindo a franquia DiorShow, o novo chama Extase (amei o nome, beem dramático) e promete cílios bafônicos, pra resumir em uma palavra. Eu gostei bastante, achei que ele segue a linha do Hypnôse Drama da Lancôme, daqueles rimeis que são mais densos e dão efeito mais intenso. Ele é o oposto do DiorShow Iconic!

Batom Shu Uemura cor PK 343, porque batom rosa pra mim nunca é demais (e eu sou exagerada). Amei essa cor, delicada, rosa bem básico porém fofo. E de textura cremosa! Comprei na loja do Shu Uemura em St Germain

Cara de sono indo no museu hihi

Esse treco branquinho é o Fred Farrugia que já falei sobre aqui

E por fim o super spray Coiff Bouffant do Fekkai, que a Grão usa pra dar textura e eu quero que meu cabelo fique igual ao dela hahaha (lembram do post com as dicas dela de cabelo?)

Esqueci de fotografar o Hypnôse Precious Cells, sobre o qual falei aqui nesse post

Tirando o batom do Shu, comprei todo o resto na Sephora da Champs Elysées que é muito grande e amigável. Vale a pena fazer o cartão fidelidade – não precisa de nada, é só fazer no caixa – porque na próxima compra você ganha adoráveis 10% de desconto + brindes legais (e + os 12% do detax em compras de mais de 175 euros, dá um bom desconto viu?)

Update: fiz esse post na última noite em Paris mas no dia seguinte fui nas Galeries Lafayette e tinha acabado de chegar a nova coleção verão da Chanel (demorou pra chegar em Paris!). Aí comprei o batom Rouge Allure Genial, aquele coral lindo que foi usado no último desfile de alta costura da Chanel. Com certeza essa coleção vem pro Brasil, só não sei quando!

A cor do cabelo da Grão!

Vocês acreditam nessa demora? Exatamente 1 ano e quase 2 meses (adoro exatamente quase) depois de publicar aqui os truques de cabelo da minha amiga Grão, publico os segredos da cor do cabelo dela! Porque muitas pessoas pediram, mesmo tanto tempo depois (vocês não esquecem mesmo, que sucesso!) Pra relembrar (e vale ler o post porque as dicas são muito boas):

Agora dona Grão vai mostrar o rosto! Com vocês, Fe Grão em participação especialíssima pro Dia de Beauté. Com direito a fotos feitas in loco na praia!

“Sobre a cor dos cabelos, a história é a seguinte:

Meu cabelo é um loiro escuro (sim, se a gente pegar um cabelo branco pra tingir e tiver que comprar na farmácia um tonalizante pra ficar da cor do meu, vai ter que ser o loiro escuro). O meu tom natural não tem nenhuma nuance avermelhada. isso significa uma coisa importante: o meu cabelo, quando é descolorido, não fica com uma cara alaranjada, nem nada. ele fica loiro, puxado pro palha.

Como que eu sei disso? Através de testes empíricos (um tanto suicidas). Mas já que ninguém sabe fazer por mim, ou pelo menos não por menos de um milhão de reais (sendo que nesse caso, eu sempre vou preferir gastar com outra coisa), resolvi tomar a questão com as próprias mãos! Mas isso, como você sabe, Victoire [sou eu!], requer vontade e, claro, uma certa habilidade, que você adquire aos poucos. Não da noite para o dia!

FLASH BACK
Uma vez, quando ainda ganhava mesada, separei uma graninha preta para ir ao cabeleireiro, e fazer algo “bem natural”, com alterações em pequenas porções do cabelo. Uma decepção. Saindo do cabeleireiro fui direto pra farmácia comprar um tonalizante. Meu cabelo tava todo listradinho. Terrible! Desde então eu tenho verdadeiro pânico de luzes… mechas, pra mim, resultam em listras.

O motivador da “minha técnica” foi justamente a vontade de ficar natural. Degradê. Como se o cabelo tivesse queimado de sol ao longo de anooos. Hoje, não querendo me gabar, bastante gente se surpreende em saber que a cor do meu cabelo não é 100% natural…

SOBRE A TÉCNICA (vou tentar explicar!)
A alma do negócio é você poder repetir o procedimento ao longo do tempo. Várias vezes. E o resultado ser a somatória disso tudo (como se fosse uma aquarela que você vai diluindo aos poucos e separando os tons que você mais gosta, do mais escurão ao mais clarinho).

No começo…

E no final!!

O Sun-In mora no meu necessarie de praia.


A aplicação é gradual e pode ser feita com muito, médio ou pouco produto. Amassando muito, médio ou pouco os cabelos. SEMPRE de baixo para cima (é aquele movimento que o cabeleireiro faz para amassar os cachos junto com o difusor)

De baixo pra cima

Por exemplo: num dia, o Sun-In só vai ficar agindo bem nas pontinhas dos fios, no dia seguinte pode estar nas pontas e um pouco acima, num outro dia posso aplicar da metade para baixo e assim sucessivamente.
Concorda que assim a pontinha vai ter recebido o produto três vezes; a parte a cima dela, duas; e a porção média dos cabelos, uma vez só? (*obs. o produto nunca chega nem perto da raiz!!!).

Raiz bem escurinha!

É daí que vem essa percepção de degradê. Devo ressaltar que nada disso é suuuper estudado. Aliás, sempre reparo que o lado esquerdo acaba ficando um tiquinho mais claro que o direito, e TUDO BEM. Porque claro, eu é que não vou ficar curtindo a praia pensando nisso tudo, né? Entro no mar se der vontade e nem reaplico! E assim, pouco a pouco, vou acompanhando o resultado no fim do dia e vejo onde quero mudar alguma coisa.

Analisando o resultado

Outro ponto importante é o meu corte em camadas, que facilita a aplicação dos produtos e deixa o resultado mais “misturado”… menos óbvio. Imagina clarear um cabelo 100% liso e reto? claro que ia ficar supermarcado o lugar onde clareou e onde não.

E junto com o corte, outra coisa que ajuda, SEM DÚVIDAS, é a história de estar com meu cabelo com o movimento “cacheado” do coque, que a gente ja comentou no primeiro post. Isso facilita para que só algumas partes queimem com o sol e outras não, e o resultado fique também mais natural.

APÊNDICE: AGUA OXIGENADA PLUS DESCOLORANTE

Tem vezes que eu corto o cabelo e fico desorientada sem minha “loirisse”! E, sem previsão de ir a praia, faço o MESMÍSSIMO procedimento do Sun-In em casa com uma mistura (aleatória) de água oxigenada e descolorante.
Deixo um mini tempinho e lavo. Uns dias depois faço a mesma coisa, mas em mais partes do cabelo. Outras vezes, em menos… e por ai vai, até chegar no look desejado.
O resultado da água oxigenada, claro, pode ser bem mais radical – o que me dá medo de recomendar!

Alias, tô com medo de recomendar isso tudo. Acho que o melhor mesmo é dizer que eu não recomendo! Atendendo a pedidos, só tô explicando mais sobre minha “auto-suficiência” colorística! Não posso me responsabilizar por resultados desastrosos (mas se alguém fizer e der certo, avisa a gente!).

Que o Proença – e todos os profissionais competentes do ramo – me perdoem por esse relato!

Hahahaahah AMEI Grão. É isso aí garotas, deu pra perceber que o segredo do sucesso da cor do cabelo dela é uma fórmula: conhecimento sobre seu cabelo + paciência + pouca paranóia + vontade de experimentar + um certo talento para fazer as coisas sozinha. Eu acho que muita gente pode aproveitar essas dicas, de um jeito ou de outro, não precisa fazer 100% como ela. O mais importante, pra mim, é saber que é SUPER possível se virar sozinha nessa vida!!

Blog do Proença

Não é porque ele é meu grande amigo e não é porque ele salvou meu cabelo que digo que o Proença é top top top cabeleireiro. E agora ele resolveu fazer um blog, pra dividir com a gente as coisas que ele gosta, referências, novidades, penteados mil além do dia a dia do salão dele, que é um fervo – tem os looks das clientes, vídeos de passo-a-passo dos penteados… E tudo escrito de um jeito muito engraçado que é a cara do dono!

Super recomendo a visita!! O endereço é www.marcosproenca.com.br/category/blog/

4 cabelos

Eu ando tão obcecada por coques ultimamente (aposto que nem deu pra notar) que parei de prestar atenção nos rabos de cavalo, coitados… mas achei essa versão do último desfile da Louis Vuitton tão mas tão fofa que voltei a gostar de rabos também haha!

O desfile era todo 50’s, assim como o rabo de cavalo gracinha. Bem feminino, arrumadinho, e com a ponta cacheada. Peguei a foto do Style, pena que não tenho ela maior!

Aí por acaso também me deparei com esse rabo baixo e lateral de dona Diane Kruger, vocês sabem que ela é uma das minhas musas, amei esse visual, mais despojado. E hiper fácil de copiar hein, faz o rabo de lado, baixo, no caso dela os fios tão levemente ondulados mas é opcional, e não prende muito justo, tão vendo que a raiz é frouxa?

Meu, eu já vi essa foto da Kate Beckinsale mil vezes, pensei em publicar mas achava meio muito básica, mas toda vez que vejo fico querendo olhar sem parar. Concluí então que é porque o cabelo é muito bom mesmo, é digamos assim um ondulado alternativo ao hiper explorado ondulado da Gisele (raiz lisa, cachos bem soltos na ponta) ele tem cachos mais marcados, mas meio bagunçadinhos, e ele chega mais perto da raiz. E é perfeito pra quem adotou o cabelo médio ou curto! Babyliss na veia

Pra terminar, a linda Rachel McAdams em uma foto de… 2005!!!! Mega antigo, mas vi e me apaixonei, acho que acertar na flor no cabelo não é uma coisa muito fácil, e essas pétalas misturadas com o coque soltinho + tranças finas ficou assim uma combinação mega fofa. Não é O penteado pra uma festa/casamento/acontecimento no campo ou na praia? Mas também usaria na cidade haha!

(as outras fotos são do Wireimage.com)

Luxo no dia a dia

Achei tão curiosa essa foto da Kate Beckinsale. Em plena luz do dia, com roupa casual, passeando com os filhos pela rua (isso não dá pra ver na foto mas eu conto) COM ESSE COQUE BAFO

Sensacional né? Ou ela saiu do salão e ia para algum evénto mais tarde ou ela simplesmente gosta de dar um toque de glamour na produção do dia a dia. Eu sou a favor, queria muito sair assim por aí também!! Me faz lembrar de Carrie Bradshaw

PS. Eu não me conformo que dia-a-dia perdeu o hífen, acabei de lembrar disso e corrigi no post, mas com peso no coração! Coitado

Musa do dia – Kate Bosworth

Toda vez que eu olho a Kate Bosworth fico com vontade de virar loira (claro que logo passa porque meu cabelo nunca ficaria igual ao dela néam). Mas eu realmente acho ela tu-do, junto com a Diane Kruger forma minha dupla de loiras favoritas! E o olho, um de cada cor? Charme extra (não, não é de propósito, ela nasceu assim!)

Peguei algumas fotinhos (que aumentam) pra inspirar. E aqui um post que fiz há muito tempo, depois de ter visto aquele filme Quebrando a banca que ela estuda no MIT e fica roubando cassinos e tem que se disfarçar, eu comecei a amar ela nesse filme!

Cachos bem soltos e batom vermelho

Eu postei esse coque aqui outro dia mas ele merece mais fotos porque é muito maravilhoso

Sabe que ela tá usando uma sombra verdinha clara? Na outra foto dá pra ver melhor. Mas só rente aos cílios, bem discreto. Bom jeito de usar cor!

Ela tá levemente bronzeada (pode ser de verdade ou maquiagem) e faz um contraste bonito com a boca rosinha. Olha o cabelo que amor:

Todo torcido e preso. Quando tiverem vendo essas fotos reparem no tanto de vezes que ela muda o jeito como divide o cabelo, isso já muda bastante sem precisar ficar elaborando

Coque baixo podrinho, meio bagunçado, com a frente solta

Coque baixo justo com a raíz esticada. Mudança mínima, grande diferença

Trança de lado (e olha a risca do cabelo!), sobrancelha mais desenhada, boca melancia e blush rosa

Mais um penteado com a frente solta, displicente

Lisão chapado, muito rímel e sombra marrom rente aos cílios de cima

Coque podrinho que a gente ama

Torcido elaborado e sombra cobre

Glamour com ondas anos 40 e batom vermelho

Ondas soltas, sombra marrom-rosada e muito rímel. Reparem que ela quase nunca usa postiços, mas sempre define muito os cílios

Cabelo meigo com ondas e preso meio-rabo com a raíz bem puxadinha, mas dividido no meio! E olho bem preto no contorno

Lembra quando ela foi no baile do Met com essa super sombra turquesa??? Aula de como usar cor de um jeito chique né?

Ela tá com a cara engraçada nessa foto mas dá pra ver bem o delineador que começa azul royal e termina preto (pode fazer com sombra também, e pincel chanfrado). E essas ondas mais soltas são de babyliss gordo, quanto mais gordo o babyliss mais larga fica a onda!

Vocês gostam tanto quanto eu de coques podrinhos? Nossa eu amo muito!

Foto menor, mas é pra mostrar o cabelo dela um pouco mais curto

Uau esse post ficou enorme!

(fotos Wireimage.com)

Novo visual da Gabriela Duarte

O Proença cortou o cabelo da Gabriela Duarte outro dia, novo visual pra nova novela das 8, e me mandou esses dois vídeos bem legais pra mostrar a transformação e dicas de como fazer!

Ele explicando no vídeo é demais, Pro você é muito fofo!!!

Dicas de como fazer:

Making of do corte:

O salão do Proença fica na R. Prof. Artur Ramos, 395, tel (11) 3081-6218

(ps. não sei porque raios não tá aparecendo o vídeo aqui, mas é só clicar que vai!)

6 dias, 6 makes, 6 cabelos

Então, teve SPFW e eu aproveitei pra por em prática aquela ideia de mudar o cabelo e a maquiagem todo dia. E tirei fotos pra mostrar, e contar os produtos que usei!

Detalhe que vários dias eu tava mega atrasada então tinha que apelar pra coisa rápida e fácil, e mesmo assim, mesmo não tendo tempo pra uma maquiagem mega elaborada, vocês podem ver que é possível variar. O cabelo também, eu não tenho taantas habilidades, mas com elástico, grampo, meu aplique de rabo (falei dele nesse post), pente fino e spray dá pra fazer algumas coisinhas!

Cabelo hiperliso – fiz escova no Proença, realmente muda muuuito, eu gosto de poder variar, nunca alisaria definitivo, mas fazendo escova acho divertido ficar “lisa”. Maquiagem bem preguiça porque era domingo e tal, só um pretinho embaixo do olho e batom nude.

Pincel 168 de blush MAC, blush Pink Swoon MAC (que é bem mais rosa, a foto não captou), base Face Fabric Armani cor 2, palette de corretivos Make Up For Ever cor 3, rímel Great Lash – gosto de usar nos cílios de baixo – e Colossal, pros de cima, ambas Maybelline, Greasepaint Stick preto MAC, batom Close to Real MAC (tá acabando buá buá) e curvex Shu Uemura.

Esse dia foi top atrasada então fiquei com muuito rímel e um batom poder que fizesse parecer uma maquiagem caprichada hahaha! No cabelo aquele coquinho bem alto e podrinho, e com muito grampo atrás pra segurar os curtinhos!

Pincel 168, blush Orgasm Nars, Corretivo Clé de Peau cor Ivory (eu ameei esse corretivo, é muito bom mesmo!), Studio Fix porque tava correndo, lápis bege Contém 1g, rímel Exceptionnel Chanel, curvex e batom Liv Illamasqua.

Resolvi fazer um olho mais drama e ainda testar a durabilidade do gloss no olho – e dura viu, claaaro que acumula nas dobrinhas mas sei lá, não acho isso um problema. Fiz um mix de sombra preta + vinho em pó e passei o gloss preto + vinho da palette Eye Gloss da Chanel por cima, com o dedo mesmo, mais lápis preto dentro. O cabelo era aquele preso magro, cheio de grampos pra segurar as mechas até que tudo fique preso

Palette 15 anos Nars cor Wild at Heart – usei a sombra preta, Pandora, + sombra vinho da linha nova do Duda Molinos (mas que tá sem nome! As coisas devem começar a chegar em um mês, vamos ficar de olho), palette Eye Gloss Chanel, rímel Zoom Fast Black Lash MAC, lápis Le Crayon Kohl Lancôme, delineador em caneta Duda Molinos – mara – pincel 105 Duda Molinos, esse formato é ótimo pra esfumar côncavo e pálpebra, pincel 219 MAC, esse é bom pra passar sombra embaixo. Primer Magix Avon, hidratante com cor Studio Moisture Tint MAC cor medium, é novo, adorei! Corretivo Clé de Peau, Sculpt and Shape da coleção MAC Dsquared, pra fazer contorno do rosto, blush rosa Katie Illamasqua, pó Météorites Guerlain com seu pincel e batom Fleshpot MAC

Dia do batom vermelho, meu queridinho, com cabelo solto bagunçado e com ondas e olho “nada” com muito brilho!

Primer Magix Avon, base Face & Body MAC cor N1, pó solto Armani cor 1, Sculpt and Shape MAC (não usei blush rosa nesse dia), Iluminador Albatross Nars, corretivo Studio Finish MAC cor NC15, Touche Éclat YSL cor 1, pincel 187 MAC pra base, B 02 NYX pro iluminador, 101 Duda Molinos pro pó e 168 MAC pro blush, iluminador Iridiscent Loose Powder cor Silver Dusk MAC (no olho), curvex, rímel Hypnose Drama Lancôme, rímel Great Lash nos cílios de baixo, Pigment cor Lily White MAC, lápis bege Contém 1g & batom Ruby Woo MAC – é esse o vermelho, várias pessoas me perguntaram!!

Cara de sono haha, dia do delineador e do coque gordo – com aplique claro porque meu coque não fica assim! Eu amo aplique. E tinha as trancinhas do lado pra dar um charme.

Studio Moisture Tint MAC, pó Météorites Guerlain, blush Desert Rose, pincel 168 MAC, mistura de 2 batons: PK 320M Shu Uemura + Hue MAC, rímel DiorShow Iconic, curvex, delineador Fluidline MAC, pincel 266 MAC, delineador em caneta Duda Molinos

Último dia resolvi fazer um esfumado escuro meio marrom, e com brilhos no canto interno. O cabelo era preso magro mas com voluminho no cucuruto (faz com pente fino, desfiando) e preso com uma fita de elástico.

Primer Magix Avon, base Face & Body MAC, Météorites, blush Well Dressed MAC, iluminador Copacabana Nars, corretivo Clé de Peau, quarteto de sombras Dolce & Gabbana cor Champagne – usei as duas cores mais escuras – iluminador Silver Dusk no canto interno, pincel 239 MAC pro iluminador, 105 Duda Molinos pra esfumar e 14 Sephora pra passar sombra embaixo, rímel DiorShow e Cream Color Base MAC como batom, cor Fresh Morning, não existe mais!