Dia de beauté

Porque quase nada é tão legal quanto maquiagem

Arquivo para junho, 2008

RSVP já!

Amigas, é hora de garantir a presença no Encontrinho, que rola no próximo domingo dia 6.07, na Flan, às 11h.

Como já contamos, apenas 40 leitoras amigas poderão participar porque senão não cabe hehe. Mas sem desesperos, pretendemos fazer mais e mais Encontrinhos, e pelo Brasil afora!!!

Mande já seu email para encontrinho@itgirls.com.br e confirme-se. Todos os emails serão respondidos, dizendo se você está na lista, na lista de espera (ui!) ou se está difícil…

To com cara de louca na foto mas tudo bem! A gente se encontra no domingo!

 

UPDATE! Foi uma loucura e às 18h16 a lista já estava completa!! Agora já está rolando a lista de espera, que já está um bocado cheia… assim a gente vai querer fazer encontro toda semana!!!!

Amo meu cabelo ruim e porque sou contra a progressiva

Bom, eu cheguei a conclusão que fiz bobagem de fazer um suspense com a história do cabelo, uma vez que vocês ficaram curiosas e não era nada de muuuuito emocionante, mas lá vai…

Pra quem não está entendendo nada, outro dia disse que ia contar porque eu fiquei agradecendo por ter nascido com o cabelo ruim, então segue a história (que não é nada demais tá, só uma experiência engraçada):

Como eu já contei aqui, faço relaxamento na raíz do meu cabelo, que eu digo que é ruim mas é brincadeira, quer dizer ele é mas não falo assim para fazer um drama e sim porque acho engraçado e a gente tem que fazer piada das coisas ruins. Continuando, também já contei que minha vida mudou depois que cortei curto, porque meus cachos passaram a ser mais definidos e eu aprendi a deixar o cabelo ao natural, com a ajudinha do babyliss, o que foi ótimo, mas sempre fazendo relaxamento na raíz porque senão ficava armado demais e meio estranho. Só que fazia um tempo que eu não relaxava a parte de trás do cabelo, que estava mais parecendo um ninho de rato, e a raíz da frente já estava crescendo pixaim então fui no cabeleireiro e fiz o procedimento em tudo.

O que eu fiz foi o X-tenso da L’Oréal, que dá para controlar a “lisura” final. O menino que fez em mim era uma graça mas não estava captando muito bem que sim, eu gosto do meu cabelo enrolado, então eu frisei várias vezes porque tenho pânico de ser mal-compreendida. Só que no dia, depois de fazer, tirar, neutralizar, lavar de novo e etc, e ficar horas no cabeleireiro, ele quis porque quis fazer escova e eu deixei. Menina, não é que meu cabelo ficou liso, ficou escorrido, lambido, uma loucura. Tudo bem, fui embora com a orientação para ficar 3 dias sem lavar.

Mas aquele cabelo escorrido quase me deixou maluca. Parecia que era um fiapo de cabelo sem vida e sem graça, que não parava em nenhuma posição a não ser a escorrida. No segundo dia eu já estava virando de ponta cabeça e colocando o cabelo todo para cima pra ver se ele ficava com um pouquinho de volume e cinco segundos depois, voltava. AI QUE SACO. E foi então, nesses três dias de cabelo chato, que eu comecei a dar graças aos deuses capilares por ter nascido com o meu, que pode ser ruim, trabalhoso, mas pelo menos fica do jeito que eu quero quando quero!

Ah sim, depois de lavar fiquei muito satisfeita com o resultado, talvez um pouco mais liso do que eu esperava porém mais fácil nos dias em que estou com preguiça de fazer babyliss.

PROGRESSIVA

Sim, eu sou contra a progressiva, porque ela pode deixar o cabelo bonito mas estraga. É um fato que estraga, mas os danos não aparecem porque ficam disfarçados embaixo daqueles lisos e brilhantes fios. Já fiz matéria para o Chic sobre o assunto e o que aprendi, com especialistas, foi que não existe uma quantidade segura de formol para alisar o cabelo, porque a quantidade segura simplesmente não alisa. Ela seria 0,2%, e na época da matéria lembro que liguei em vários salões conhecidos perguntando se eles usavam e o que mais ouvi foi: “sim, usamos mas só o permitido, 2%” OOOI? Viram a malandragem né? Mas claro que isso não é culpa deles afinal existe uma demanda, são pessoas que realmente não ligam de estragar o cabelo contanto que ele fique bonito. Eu não julgo, claro, cada um faz o que quer, mas pra mim isso faz tanto sentido quanto tostar o rosto no sol… Não compensa.

E lembrem-se de que escova de chocolate, morangos silvestres, damasco adocicado, algodão doce e por aí vai é tudo a mesma coisa – formol – com um cheirinho “gostoso” para disfarçar. E que se você vai fazer, pelo amor de Deus, espere uns 4 meses para o cabelo respirar e trate muuuuito dele em casa, com hidratações potentes.

UPDATE
Sobre o babyliss, eu já fiz alguns posts com dicas de como usar porque eu faço sozinha na maior facilidade. Aí do lado, na nuvem de tags, tem uma chamada babyliss!

Detalhes do encontrinho – tá chegando!

Queridas leitoras! Já estamos na contagem regressiva para o próximo Encontrinho, que vai rolar dia 6, domingo, lá na Flan, loja hiper fofa nos Jardins. Mais uma a tríade Oficina de Estilo, It Girls e Dia de Beauté vai se reunir para conversar com vocês sobre o que rolou nas semanas de moda. Oba!

E para deixar todo mundo feliz, além do brunch, no final tem kit-presentinho da Ox Cosméticos.

Fiquem atentas aos blogs que na segunda daremos as intruções para confirmar presença, vai precisar já que só cabem 40 amigas (os). Eeee!

O make de Carrie Bradshaw!

Senhoras e senhores, Vanessa Rozan e Dia de Beauté apresentam… o make de Carrie Bradshaw! Ta, eu ia fazer apenas uma humilde dissecação do make de Carrie depois de ter visto o filme 3 vezes. Ia dizer coisas importantes do tipo: ela usa muito lápis preto dentro, coisa que eu quase nunca faço e agora passei a fazer.

Mas aí meus bens, a Van, que como todos sabemos é sênior maquiadora da M.A.C (e é dona do Beleza Bacana), revelou que foi a marca que cedeu os produtos pro make do filme e contou DE VERDADE as cores usadas nos olhos de Carrie!

Com vocês, o checklist/passo-a-passo. Aqui temos fotos, no Beleza Bacana temos o vídeo! Veja tudo e vire expert.

1. Iluminador nas pálpebras, pode ser a sombra Naked Lunch.

2. Lápis preto Smolder, dentro dos olhos em cima e embaixo. (É em cima também, sabe, tem que olhar pra baixo e levantar a pálpebra)

3. Lápis Prunella, um marrom meio uva. Aplique rente aos cílios em cima e embaixo e depois esfume com o pincel 219, por todo o contorno dos olhos. Como vai esfumar, não precisa fazer o traço certinho

4. Lápis Rave, um roxo meio violeta, também esfumado por cima do marrom.

É isso aí, vai empilhando os lápis e pronto. A diferença entre os esfumados do 3 e do 4 é que o marrom vai mais longe, é maior, enquanto o roxo é mais concentrado rente aos cílios.

5. Muito rímel em cima e embaixo.

O resto do rosto a gente não fez em nossa cobaia Gabi (que é a cara da Carrie né?), mas a Van contou que o blush é um tom rosa alaranjado com leve brilho e se chama Spring Sheen, enquanto o batom também rosa se chama Sandy B.

Gostaram? Eu quero colocar em prática!!! Gabi pronta (só o olho né):

Ah e sobre a pele da Carrie, um comentário meu: ela usa uma base mega leve, que fica incrível no vídeo, imagina que uó uma pele pancake.

Agradecimentos especiais para Gabi que cedeu seu tempo e Sergio Caddah que fotografou o resultado pronto! Como vocês podem ver, as fotos do passo-a-passo foram feitas por mim.

Para dar um gostinho, uma foto bem enorme do filme:

Obs: cliquem nas fotos que elas ficam enormes!

O make de Gisele Bündchen

Ah arrasei no título apelativo heeein? Quem não está aqui não terá jamais noção do que é um camarim quando Gisele vai desfilar. É sem noção, juro. Fui lá extra cedo, culpa do medo, porque preciso ver a beleza né, aí não tinha niguém de maquiador etc. Aí voltei umas 2 horas depois e aí já tava rolando uma porta cheia e tal, mas até que entrei rapidinho. E quando saí já tava bizarro, e só vai piorar! Uma foto para vocês terem uma idéia

Bom, mas vamos ao que interessa, a maquiagem que Gisele, la Bündchen, vai (ou não) usar no desfile. É que às vezes ela não gosta do visual e vai diferente do resto, só com make de linda. Mas o Marcelo Gomes, o expert que está assinando o desfile, contou que ontem ela disse que topava e ia usar. Eu adorei a maquiagem, suave mas com uma sombrinha lilás fofa, é o pigmento Violet da M.A.C, e muito rímel em cima e embaixo. A pele é aquela correção básica e nos lábios o Lip Conditioner da M.A.C cor Gently Coral.

E para finalizar… gloss nos olhos!!! E nas maçãs do rosto. Um preview, sem o gloss:

Update

Olha que tudo: é fato, o Snob, batom rosinha da M.A.C que foi usado no desfile de Fause Haten não saiu de linha! Inclusive ele chegou no Brasil nesse último carregamento, mas os meninos da loja disseram que eram poucos então talvez já tenha acabado.

Ah, e para quem queria saber minha opinião sobre aquela super esponja, usei a fofa e adorei. Passe base e achei o acabamento quase igual ao do pincel, o que é bom né? Principalmente pra quem adora uma esponja, essa é uma ótima pedida – porque não absorve tanto produto e espalha melhor. Agora preciso testar com blush.

Vocês viram o cabelo do desfile da Isabela Capeto ontem? Foi a coisa mais lindaaaaaa.

E viram minha matéria de gloss no olho no site da RG? Hoje rolou de novo gloss no olho no desfile da Poko Pano, Daniel Hernandez aplicou o gloss transparente da L’Oréal por cima do pigmento rosinha Rose, da M.A.C. Ficou bem fofo.

Video

Gentes, se vocês quiserem ver um pouco como é meu dia de trabalho no SPFW, a Maria Prata tá fazendo pro Prataporter uma série de videozinhos muito legais. O primeiro foi dela, depois veio o Giovanni Frasson e ontem fui eu. Tá no blog dela, olhem lá!

Aprendizados de camarim

Hoje foi (quer dizer, tá sendo ainda) um daqueles dias em que você pensa, muito polianamente, como seu trabalho é legal. Primeiro, fui ver a beleza de Ronaldo Fraga e Marcos Costa me pegou pra “experimentar”. Era bem simples, só uma boca com batom rosado e… montes de paetês por cima! Para parecer escamas, segundo ele. A sensação de colocar paetê na boca é engraçada e eu adorei o efeito, muito muito bacana para uma festa à fantasia.
 
Esse treco verde era o “cabelo”.

Aí fui lá no André Lima encontrar a Vanessa do Beleza Bacana para fazer o tão aguardado passo-a-passo do make da Carrie!!!!! Siim, ele está feito e vai entrar mais à noite já que ela precisa chegar em casa e tals. E peguei o momento onde Robert Estevão, o maquiador que assina o desfile (ou seja, concebe tudo), explica o passo-a-passo para a equipe da M.A.C (que está lá para apoiar). Foi muito legal porque deu para ver o make mais minuciosamente do que quando eles passam para nós, imprensa.
 As coisas do Robert

A maquiagem é um deslumbre, com o batom mais lindo da temporada (só porque não posso ter… ele não existe, é um mix de várias coisas). Um mix de laranja e pink incrível. Alguns highlights de André Lima:

. Nos olhos, um pigment da M.A.C que eu esqueci de pegar o nome, mas um tom bem nada só pra iluminar. E cílios postiços número 110 (gente é tudo M.A.C tá não vou ficar repetindo), sem delineador em tudo, só no canto interno para dar continuidade.

. Ele espera 20 segundos pra colar os cílios, pra não fazer meleca. E corta a pontinha de fora para ele não ficar tão longo e passar do olho, e “assim não fica com cara de boneca, alonga mais o olho”.

. Aí vem o super batom, que na foto não fica fidedigno. Robert comentou que realmente, em máquinas digitais, a cor “não vem”. E por cima, para secar aquele efeito muito cremoso, ele aplica uma camada de pigment (são dois misturados, o Acid Orange e o Fucsia Mix) para secar. E ele aplica com cotonete. Esse truque dá para adaptar com pó facial solto mesmo, quando quiser um acabamento mais mate.

. O blush é laranja, a cor tá pegando. Cream Colour Base cor Virgin Aisle, aplicado com pincel de fibra ótica 187, “o melhor para blush cremoso”, diz Robert.

. Para finalizar…. Gloss no olho!! Aguardem uma matéria sobre o assunto no site da RG loguíssimo mais. Ele usou um produto da M.A.C Pro mas disse que vale qualquer um que tenha um dourado discreto. Mas visitem o site da RG para mais detalhes sobre como usar gloss no olho.

 

Tem fotos, daqui a pouco coloco!

Boca(s) rosinha(s)

Alguém perguntou e eu ia mesmo comentar sobre o batom rosinha da Cia. Marítima. Eu ameeeei a cor, mas não gostei muito do bronze extra exagerado não, não fica nem homogêneo! Fato é que, com a pele bronzeada daquele jeito, o rosinha pula muito mais, então vale até passar um pouco de pó bronze pra intensificar o efeito do batom. Que era: Givenchy Rouge Interdit, Rose Desire 11. Eu namorei ele na loja e não comprei, agora to repensando… Superfofo e clarinho. Eu não canso messsmo de batom rosa e toda vez que vejo um tom diferente quero pra mim. Aconteceu o mesmo no desfile do Fause, a cor era liiiinda mas já saiu de linha chuif tava todo mundo sentido no camarim (crente!). Em todo caso chamava-se Snob, da M.A.C, vai que eles relançam.
UPDATE! Ele não saiu de linha não, existe, chega e acaba por aqui, mas vale a pena tentar!

Olha só como é diferente o efeito do make no camarim e na passarela:
 
Fause Haten (agora é FH) e Cia. Marítiima (a Michelle Alves não gostou da foto mas é a única, sorry Michelle)

  

Novo desejo

Ontem estava no camarim da 2nd Floor com a Vanessa quando avistei um objeto não identificado PINK. Ela me explicou que era uma super esponja nova, que não é como uma esponja comum e que pode ser usada seca, molhada, pra espalhar base, blush etc. E aííí que uma amiga trouxe uma pra mim de viagem! Super coicidência agora to louca pra usar, porque ela me deu aqui na Bienal e eu não tenho make pra passar, vou testar amanhã e conto!! Ontem eu fiz uma nota sobre no site da RG Vogue, leiam . Tem todas as infos, o site do fabricante e tal. Chama Beauty Blender!

Olha que legal: